Tabela e ResultadosClassificaçãoClubes Participantes
4º Novo Basquete Brasil - Notícias
Página Inicial da Competição
02/06/2012
NBB - BRASÍLIA SUPERA SÃO JOSÉ NA DECISÃO E FICA COM O TRICAMPEONATO


O Uniceub/BRB/Brasília ficou com o título da competição nacional
Fora de casa, mas dominante do início ao fim, Brasília supera o São José na decisão e fica com o tricampeonato do NBB

A final em jogo único trouxe um novo formato para a decisão do NBB. Mas o campeão não mudou. Pela terceira temporada consecutiva, o Uniceub/BRB/Brasília ficou com o título da competição nacional. Na grande final, os brasilienses superaram o São José/Unimed/Vinac, por 78 a 62, no Ginásio Municipal Professor Hugo Ramos, em Mogi das Cruzes (SP).

Pela equipe tricampeã, Guilherme Giovannoni foi o cestinha da partida, com 26 pontos e também contribuiu com oito rebotes e três assistências. O desempenho rendeu ao ala/pivô o índice de 33 pontos de eficiência e o prêmio de MVP da Final. Foi a segunda vez consecutiva que o camisa 12 faturou o prêmio.

Arthur, com 16 pontos, e Alex, com 15 pontos e 11 rebotes, também se destacaram pelo time do Distrito Federal. Pelo time joseense, o pivô Murilo, com 20 pontos e 14 rebotes foi o melhor na partida.

Nervosos com o início da primeira decisão de NBB de sua história, os joseenses iniciaram a partida cometendo muitos erros no ataque e sofreram as consequências na defesa. O Brasília não perdoou as falhas e abriu a partida anotando os dez primeiros pontos. Com 10 a 0 contra, o técnico de São José Régis Marrelli pediu tempo para acalmar os ânimos de seus atletas.

A parada devoldeu a tranquilidade aos joseenses, que a partir de então conseguiram equilibrar a partida. Mas, embora tenha se recuperado, o time do Vale do Paraíba manteve-se sempre atrás no marcador. Experientes em decisões, o brasilienses converteram cestas em momentos chaves para segurar na liderança. No intervalo, vitória parcial dos visitantes, por 33 a 29.

Empurrados pelos quase cinco mil torcedores que lotaram as arquibancadas do ginásio, São José continuou tentando se recuperar no início do segundo tempo. Mas nem mesmo força extra dos gritos de incentivo foi suficiente para superar o domínio candango.

No último quarto, a diferença estava em dez pontos, quando Giovannoni anotou seis pontos consecutivos, com uma bola de longa distância e uma jogada de cesta e falta, ainda no início do período. Com a vantagem em 16, restou aos brasilienses administrar o placar e aguardar o fim da partida.

A festa começou antes mesmo do cronômetro zerar. Com alguns segundos restando, os brasilienses já comemoravam no banco de reservas. Logo a festa tomou conta de toda a quadra, embalada pelo grito de “Tricampeão”, entoado pelos pouco mais de 100 torcedores brasilienses que compareceram a Mogi das Cruzes e presenciaram mais uma conquista da equipe candanga.

“Nosso time fez uma partida perfeita. Marcamos bem o Fúlvio e o Murilo e conseguimos controlar bem o jogo todo. Foi um título merecido”, declarou ala/armador Alex.

“Fizemos um jogo de gente grande hoje. O time entrou focado, cada um sabendo o que tinha que fazer. Acho que foi nossa melhor partida na temporada, controlamos o jogo e não fomos ameaçados”, disse o ala Arthur.

por Liga Nacional de Basquete